Review do webgame Tribal Wars

14fev09

Tribal Wars é um jogo de navegador, ou seja, para jogá-lo você não precisará baixar nem instalar nada! Basta se cadastrar, criar uma conta e jogar! O problema de jogos assim é que podem demorar um pouco, saiba mais na super review-tutorial que irei fazer!

Minha aldeia, Igorslováquia

Minha aldeia, Igorslováquia

Antes de tudo queria apresentar vocês à minha mais nova série de posts aqui, que não terá uma data fixa, mas será uma review de vários webgames, jogos de navegadores, ou qualquer outro nome, dessa vez iremos falar do jogo que mais estou participando atualmente, Tribal Wars!

Como o nome sugere, no game você terá que criar sua aldeia e batalhar para ela crescer! Tem várias maneiras de fazer isso, invadindo aldeias inimigas, ou investindo em suas fontes de recursos (falaremos disso mais tarde), vamos começar pelo início (ah, isso não é pleonasmo):

Registro

Para se registrar é muito simples, basta entrar neste link e clicar em “Registro Grátis” e preencha os formulários de maneira correta, e principalmente com um e-mail válido, pois você precisará confirmá-lo! Só para lembrar, peço que se registrem no Mundo 14! Eu jogo lá e você poderá entrar na minha tribo, etc…

Registro Tribal Wars

Na hora do registro...

Quando terminar o registro irá ter que escolher a direção da aldeia, você tem estas opções:

  • Aleatório
  • Noroeste
  • Nordeste
  • Sudoeste
  • Sudeste

Recomendo que vocês escolham “Sudeste”, pois minha aldeia se encontra lá…

Começando a Jogar

Na primeira vez que você joga, verá uma janela ensinando como usar, recomendo que você leie este tutorial-review e a janela. Enfim, a janela que aparecerá será o mapa principal da sua aldeia, nela será possível ver quais edifícios você terá construído e qual será o nível de cada um deles.

Vou criar agora uma pequena lista com os nomes dos edifícios e qual é o efeito de cada um:

  • Edifício Principal: nele é possível criar e aumentar o nível de cada edificação, quanto maior o nível de cada edificio, melhor eles serão, tendo cada um, um efeito diferente; A partir do nível 15 você poderá demolir construções, não sei direito como funciona pois meu Edifício Principal está no nível 10;
  • Primeira Igreja: ela não pode ser evoluída e nem tem muitos efeitos, ela apenas influencia os soldados e aldeões na sua vila;
  • Praça de Reunião: aqui você encontra um resumo de todos os seus soldados, além de acompanhar seus ataques e tem até mesmo um simulador;
  • Estátua: a única maneira que você pode ter para conseguir um Paladino, um dos guerreiros mais fortes do jogo. Serve também para conseguir itens para ele; Lembrando que seu nível não pode ser aumentado;
  • Fazenda: uma cidade precisa de pessoas, e aqui será o local onde todas as pessoas ficarão, pode ser meio surreal, mas é assim que funciona; Quanto maior o nível mais capacidade de pessoas a população terá;
  • Armazém: você precisa de recursos ambientais para criar suas edificações, entretanto, aonde você vai os enfiar? O armazém armazena (agora sim é pleonasmo) seus recursos; quanto maior o níveis mais capacidade de armazenamento ele tem;
  • Esconderijo: da mesma forma que você pode atacar aldeias adversárias, elas podem te atacar e para você não perder quase tudo, o esconderijo serve para camuflar os recursos, quanto maior o nível do esconderijo mais recursos poderão ser protegidos;
  • Muralha: como dito acima, você poderá ser atacado por outras civilizações, e a muralha ajudaria a proteger sua aldeia. Quanto maior o nível mais proteção ela te dará;
  • Quartel: com o quartel você poderá recrutar soldados para atacar vilarejos adversários ou se protejer. Quanto maior o nível mais rápido os soldados irão ser recrutados;
  • Estábulo: no estábulo, você poderá recrutar soldados que usam cavalos para lutarem, suas vantagens é que eles são mais rápidos, ou seja, demoram menos para chegar e voltar da missão. Igual ao quartel, quanto maior o nível mais rápido os soldados serão recrutados;
  • Oficina: a mesma coisa que nos dois itens acima, entretanto, elas servem para recrutar soldados que utilizam de máquinas, como uma catapulta;
  • Ferreiro: nós não podemos sair recrutando todos os tipos de soldados que existem (falarei disso mais adiante), por isso serve o ferreiro, quanto maior o nível dele mais classes de guerrilheiros poderão ser pesquisadas para você recrutar. Quanto maior o nível mais rápido e mais espécies poderão ser pesquisadas;
  • Corte: na corte você poderá criar o Nobre (com ele você poderá conquistar outras aldeias), serve basicamente como a estátua para o paladino;

Visualização clássica da minha aldeia

Visualização clássica da minha aldeia

Recursos Ambientais

Como nada é perfeito, para construir seus edifícios você precisa de material para armá-las, existem duas maneiras para conseguir esse material, uma delas é atacando as tribos vizinhas, a outra é investindo nessas construções, lembrando que quanto maior o nível mais itens poderão ser construídos no tempo de uma hora:

  • Bosque: serve para colher madeira;
  • Poço de Argila: serve para conseguir argila;
  • Mina de Ferro: serve para extrair ferro;

“Tá na hora do pau”

Antes de tudo, queria avisar que seria uma boa vocês investirem nos recursos até um certo nível, e depois investir pra porrada (os usuários iniciantes tem 5 dias de proteção), mas para ir pra pancadaria, você precisa ter guerreiros dispostos a luta, e para isso precisa ter o quartel (no mínimo). Uma forma boa de mesclar luta com captura de recursos e você recrutar muitos Lanceiros e uns 10 soldados (se puder recrutar Bárbaro no lugar de soldado,  melhor ainad). Mas por que lanceiros? Simplesmente, pois os lanceiros são os que mais podem carregar coisas, perdendo apenas para os soldados da Cavalaria Leve.

Feito isso, clique lá no item “mapa“, do menu, e você irá visualizar as aldeias vizinhas, podendo até explorar todo o continente (são 100 continentes no mundo), clique em uma aldeia (recomendo você invadir as aldeias abandonadas para não comprar briga com ninguém, ou até mesmo as aldeias com pouca pontuação, significa que o jogador desistiu de jogar ou é iniciante).

Eu invadiria esta aldeia por exemplo...

Eu invadiria esta aldeia por exemplo...

Depois de clicar, você será redirecionado para a página dela, aonde deverá clicar em “Enviar tropas“, escolha a quantidade de soldados que irão batalhar e clique em “Atacar“. Você também pode apoiar uma aldeia, mas não sei direito pra que isso serve….

Localização

Vou explicar rapidamente como se localizar no jogo, ao lado do nome de sua aldeia, você verá uns códigos, na minha é (658|508) K56, vamos entender direito o que significa:

  • 658|508: coordenadas da minha aldeia no continente, uma aldeia pode ter as mesmas coordenadas que a minha, porém em outro continente;
  • K56: nada mais nada menos que “Continente 56”, lembrando que no mundo existem 100 continentes (do zero ao noventa e nove);

Tribos

Chegamos ao penúltimo ponto da nossa review gigante, as Tribos! Uma tribo é algo como um clã, onde você reunirá jogadores de todos os continentes e tentará dominar o seu mundo! É algo bem legal, e peço para todos que forem jogar, entrarem na minha clã, Gangue do Macaco Velho, podem pesquisar pela  tag apenas Monkey, é bem legal ir mexendo aqui para aprender as coisas.

Considerações Finais

Tribal Wars é um jogo bastante divertido, o único problema dele (e de todos os jogos de navegadores por aí), é que demora para realizar uma ação, por exemplo, uma hora para contruir a Muralha no nível 7, mas nada que acabe com a graça do jogo.

Anúncios


No Responses Yet to “Review do webgame Tribal Wars”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: